Destaques

6/recent/ticker-posts

SINDGUARDAS-Bahia realizará ato público contra crime ambiental, falta de condições de trabalho e assédio moral cometido pelo Prefeito de São José da Vitória


O Sindicato dos Guardas Municipais do Estado da Bahia (SINDGUARDAS-Bahia) convoca todos os Guardas Municipais e população das cidades de Buerarema e São José da Vitória a participar de um Ato Público contra o Prefeito de São José da Vitória, Jeová Nunes (PSB), pelo fato de sua gestão está cometendo crime ambiental, por falta de condições de trabalho e assédio moral contra os Guardas Municipais.

O protesto ocorrerá no próximo domingo (27), a partir das 08:00 horas, saindo do trevo da cidade de São José da Vitória até a praça principal da cidade.

Imagens gravadas por alguns Guardas Municipais mostram claramente o descaso da gestão com a questão ambiental. A cidade não possui aterro sanitário adequado e despeja o lixo nas estradas e em local próximo ao rio que liga São José da Vitória a Buerarema.

A gestão municipal ainda determinou que a Guarda Municipal tome conta do lixão para que comerciantes não despejem o lixo no local. A suposta guarita usada pelos Guardas Municipais no local, fica em local esmo e sem nenhuma condição de trabalho. As imagens mostram que a guarita não tem portas, janelas, iluminação e nem um local adequado para que os GCM’S façam suas necessidades fisiológicas. 

“Esse Prefeito não gosta mesmo da Guarda Municipal. Além de não sancionar o PCCS da GCM, já aprovado pelos Vereadores, ele está cometendo um crime ambiental, como também, obriga os guardas municipais a trabalharem em local insalubre, no meio do mato pra tomar conta de um lixão irregular. O SINDGUARDAS-Bahia não aceita esse descaso. Iremos realizar o ato público e iremos acionar a justiça contra o Prefeito”, disse indignado o Presidente do Sindicato, Pedro de Oliveira.

Dentre as competências das Guardas Municipais elencadas no Estatuto Geral das Guardas Municipais – Lei Federal 13.022/2014 – está a incumbência de proteger o patrimônio ecológico e ambiental do município, adotando medidas educativas e preventivas.

Postar um comentário

0 Comentários