Destaques

6/recent/ticker-posts

SINDGUARDAS-Bahia discute com representantes da Prefeitura de Ibicaraí implantação do Plano de Carreira da Guarda Municipal


Na manha desta terça feira (17/05/2022) a direção do SINDGUARDAS/BA  reuniu com integrantes do governo da prefeita Monalisa  Tavares da cidade de Ibicaraí para tratar do Plano de Carreira da categoria.

Foi apresentado alguns pontos do projeto que segundo o governo, pontos polêmicos por se tratar de implementação financeira, porém são pontos reconhecidamente necessário para a melhoria do desenvolvimento dos serviços prestados pela GCM a população da cidade.

A secretaria de Administração Adriana Macedo, muito solicita em atenção às demandas do sindicato que são também da categoria tem demostrado está atenta as melhorias da GCM, foi assessorada pela Procuradora Jurídica Dra. Kaise, que fez uma explanação das dificuldades financeiras enfrentadas pelo Município devido a negligencia de governos passados frente a compromissos assumidos e não honrados, fazendo com que o Município tenha que renegociar um volume grande de dividas em aberto.

Os diretores sindical GCM Cesar e GCM Barbosa, juntamente com o Coordenador Regional GCM Wanderson fizeram um resumo das vantagens de legalização jurídica da Guarda Civil Municipal, e que envolve entre outras ações a aprovação do PCCS.

O secretario de finanças Odemir Silva, presente na reunião apresentará um estudo de impacto da implementação do PCCS a prefeita Monalisa, visando a aplicação da lei.

Após diversas falas, foi ventilada pelo sindicato a possível criação da lei de auxilio fardamento, ideia que agradou os representantes do governo, pois, segundo a própria secretaria, há muita dificuldade em fornecimento de fardamento regular para a tropa. A secretaria de administração se comprometeu a apresentar o projeto à prefeita Monalisa, para uma possível aplicação.

O diretor sindical Diego Alcântara e a Comandante da GCM Marcela Bispo, também estiveram acompanhando a reunião colaborando com as discussões e enriquecendo o debate visando a unanimidade dos discursos.

Por fim, Dr. Davi Pedreira, jurídico do SINDGUARDAS/BA apresentou alguns encaminhamentos prontamente aceito pelos participantes, que em ata assinada, o governo se compromete encaminhar contraproposta do PCCS ao sindicato até o dia 5 de julho e uma nova reunião ficou agendada para o dia 19 de julho para uma nova rodada de discussões do PCCS.

Postar um comentário

0 Comentários