Destaques

6/recent/ticker-posts

Nota de Repúdio do SINDGUARDAS-Bahia contra o Assédio Moral cometido pelo Comandante da GCM de Itaberaba, Sidevaldo de Oliveira


O Sindicato dos Guardas Municipais do Estado da Bahia (SINDGUARDAS-Bahia) repudia veemente a atitude do Comandante da Guarda Municipal de Itaberaba, Sidevaldo de Oliveira, ocorrida na última quinta-feira (16), contra o GCM Fredson. O fato ocorreu após Fredson apresentar um atestado médico, por conta de uma doação de sangue realizada no dia anterior. O GCM Fredson se recusou a assinar no verso do atestado, alegando que não iria assinar uma folha em branco. Mostrando total despreparo e falta de controle emocional, o Comandante iniciou uma discussão determinando a uma terceira pessoa que pegasse o recebido e o "resto era com ele", além de proferir a seguinte frase: "é poste mijando em cachorro agora é?".

"Essas atitudes só mancha a gestão do Prefeito Ricardo Mascarenhas. Acredito que ele não compactua com essas práticas arbitrárias que vem acontecendo de forma recorrente contra os guardas municipais", lamentou o GCM Fredson, Coordenador Regional do SINDGUARDAS-Bahia na região da Chapada Diamantina. 

A exposição de pessoas a situações humilhantes e constrangedoras no ambiente de trabalho, de forma repetitiva e prolongada, no exercício de suas atividades caracteriza assédio moral. 

O SINDGUARDAS-Bahia irá tomar as medidas cabíveis para que fatos como esse não aconteça.  

Postar um comentário

0 Comentários